Autopeças Para o Mecânico

5 cuidados essenciais ao comprar um disco de freio para seu cliente

O cliente chega na oficina e junto dele um problema a ser solucionado: a substituição dos discos de freio. Nesse momento, é fundamental que você esteja preparado para as três seguintes etapas: explicar a importância de substituir o componente, escolher a peça certa e instalá-la de maneira cuidadosa.

Essencialmente, qualquer dano no sistema de freio prejudicará seriamente a frenagem do carro. Por isso, na hora da análise, é importante que você esteja atento a qualquer tipo de fissura ou trinca, na espessura do disco, no fluído e até mesmo em como sangrar o freio adequadamente.

Além de fornecer um diagnóstico competente, para conquistar o seu cliente de vez, você precisa garantir a ele que oferecerá uma peça e serviço de manutenção de qualidade. A questão é: você sabe comprar um disco de freio ideal, aquele que realmente atenderá à necessidade do seu cliente?

 

Quais são os 5 cuidados essenciais ao comprar um disco de freio?

Primeiramente, é importante frisar que tanto um disco danificado quanto um inadequado ao veículo podem representar um enorme perigo na rodagem. Critérios como o tamanho da peça, número de furos, tipos, espessura e até mesmo a credibilidade do fornecedor são fundamentais para a escolha do componente ideal.

Além do processo de escolha e compra, você precisa tomar alguns cuidados durante a instalação do componente. Um exemplo de precaução essencial é fazer a limpeza da peça antes da instalação.

Essa singela atitude evita o acúmulo de resíduos na região, impedindo a oxidação e evitando as famigeradas vibrações de pedal. Além disso existem cuidados a serem tomados até mesmo no torque aplicado durante o momento de parafusar, já que o excesso de força pode empenar as peças.

Ainda vale dizer que uma das formas mais simples de identificar os discos ideais é buscar por peças com as mesmas especificações de diâmetro e espessura que os já instalados. Ainda assim, por um aumento de potência ou qualquer outra razão, o cliente pode solicitar uma peça diferente.

Por isso, na hora da escolha é preciso observar:

 

1. O tipo de disco

Os dois principais tipos de disco são os ventilados e os sólidos. Como você já sabe, é bastante fácil identificar entre um e outro. Os ventilados são a junção de dois discos planos com um espaçamento dentado entre eles, possibilitando a passagem de ar e, consequentemente, o resfriamento da peça.

Os sólidos são discos únicos, planos e simples, que dispensam as entradas de ar. A diferença chave entre os dois está nas vantagens que o ventilado oferece: o resfriamento da peça possibilita maior capacidade de frenagem e o prolongamento na vida útil da peça.

Os ventilados são componentes de série em carros de luxo, alta performance e são a escolha adequada para carros que exijam alto desempenho na frenagem, como carros de corrida e clientes que façam track-day com o veículo.

 

2. O posicionamento do encaixe

Caso o seu cliente não precise da substituição do conjunto inteiro de freios, ou seja, os 4 discos, é importante ficar atento em quais rodas será feita a substituição. Observe durante a compra o posicionamento de encaixe do disco, para eixo traseiro ou dianteiro, a depender da necessidade.

 

3. A espessura, o tamanho e o diâmetro do furo central

Aqui, caso o cliente não tenha nenhuma ambição específica, querendo apenas a substituição por uma peça equivalente, você pode tomar como referência o atual jogo de freios instalado.

É indicado, também, prestar bastante atenção à espessura, verificando com uma fita métrica, trena ou para maior precisão, utilizando um micrômetro. Também é importante observar o tamanho do disco por meio do seu diâmetro integral.

Discos maiores oferecem maior capacidade de frenagem em virtude da maior área de atrito. Por último, mas não menos importante, observe o diâmetro do furo central, que precisa ser coerente ao encaixe com o cubo da roda.

 

4. O número de buracos para o encaixe

Novamente, um critério de adequação ao veículo do seu cliente. Observar o número de furações no disco é fundamental para que ocorra o encaixe perfeito na roda do carro. Se as rodas possuem quatro parafusos, é necessário que o disco tenha o mesmo número de buracos, neste caso, quatro.

 

5. O fornecedor

É nesse ponto em que é preciso ter mais atenção! Afinal de contas, do que adianta encontrar um disco de especificações adequadas, instalar com atenção e mandar o cliente para casa, se a marca for de baixa qualidade?

A probabilidade de surgirem ruídos e defeitos com pouco tempo fará com que toda a confiabilidade que você construiu com o cliente possa ser prejudicada. Por isso, é importante se atentar ao renome e credibilidade da fabricante da peça.

Um excelente exemplo é a Fras-le, que com uma história que ultrapassa os 60 anos conquistou uma posição entre as 5 maiores fabricantes de peças de fricção no mundo. O portfólio da empresa conta com mais de 900 itens entre discos e tambores de freio.

O protagonismo da Fras-le no cenário automotivo é tão grande que hoje ela é uma das patrocinadoras oficiais da Stock Car, se consolidando como uma empresa pioneira em trazer a tecnologia das pistas para as ruas.

Além da visibilidade gerada pelo automobilismo de competição, a Fras-le emprega recursos no desenvolvimento de novas tecnologias aliado a institutos de pesquisa brasileiros, como exemplo há a recente parceria da empresa com a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul).

Definitivamente, o freio não é brincadeira. Qualquer dano, por menor que seja, prejudicará tanto a segurança do motorista quanto o seu bem-estar, vide freios com ruídos ensurdecedores.

Agora, você está muito mais preparado para atender o seu cliente ao comprar um disco de freio da maneira mais acertada possível. Procure se manter atualizado sobre os melhores métodos para realizar a manutenção desse componente e garanta sempre o melhor serviço aos seus clientes!

Se você é daqueles que prezam por oferecer o que há de melhor e mais seguro no ramo automotivo, aproveite para acessar o nosso portal de Compras! Disponibilizar peças Fras-le é a garantia de nunca deixar o seu cliente na mão!