Gestão de Oficina Para o Mecânico

6 tendências do mercado automotivo que você deve acompanhar

tendências no setor automotivo

A cada ano, muitas pessoas ficam atentas para conferir quais serão as principais tendências do mercado automotivo. Afinal, estamos falando de uma das indústrias mais dinâmicas e inovadoras do mundo, que constante mente implementa novos recursos e tecnologias ao desenvolvimento dos veículos.

Tudo isso chama a atenção tanto dos aficionados por carros quanto daqueles que atuam no setor de reparação automotiva. E você, sabe quais são as tendências em alta atualmente?

Continue lendo este post para conhecer 6 delas!

Qual é a importância de acompanhar as tendências do mercado automotivo?

Não há dúvidas de que os modelos de veículos atuais são bem diferentes daqueles que eram fabricados em décadas passadas. De forma geral, as mudanças ocorridas ao longo do tempo são reflexos dos avanços tecnológicos de cada época, sempre com o objetivo de proporcionar mais segurança, comodidade e desempenho.

Para quem trabalha no ramo de reparação automotiva, conhecer e dominar esses novos recursos é sempre uma necessidade que se impõe quando uma tendência ganha o mercado. Sem esse empenho, é impossível acompanhar as evoluções do segmento e se manter competitivo frente à concorrência. Inclusive no que se refere ao uso de ferramentas de gestão para oficina.

Estar por dentro das tendências do mercado automotivo também pode ser um fator decisivo para ajudar na escolha do seu próximo modelo. Essa é uma ótima maneira de entender os benefícios trazidos pelas novidades e decidir quais são aquelas que vão ao encontro de suas necessidades.

Quais são as principais tendências do mercado automotivo?

Se você acompanha as notícias do mundo automotivo, provavelmente já ouvir falar em algumas das novidades que têm sido implementadas nesse mercado. A partir de agora, vamos conhecer melhor 6 dessas tendências.

1. Car sharing

Na contramão das tendências que fazem as pessoas quererem um novo modelo na sua garagem, o conceito de car sharing tem feito muitos reconsiderarem a necessidade de ter o seu próprio veículo. Com o aumento no uso de serviços de carona e compartilhamento de veículos, diversas pessoas descobriram que esse modelo pode ser mais vantajoso para o seu perfil.

Entre os benefícios mais valorizados pelos usuários, estão a praticidade e os custos reduzidos, em comparação com a aquisição de um veículo. Na prática, essa tem se mostrado, também, uma alternativa sustentável e que ajuda a desafogar o trânsito das grandes cidades.

2. Carros autônomos

Se, antes, a ideia parecia coisa de filme de ficção científica, hoje, os veículos de condução autônoma já são uma realidade. Na verdade, os primeiros modelos começaram a ser desenvolvidos há um bom tempo. De lá para cá, uma série de avanços fez com que a ideia ganhasse corpo, consolidando essa como uma grande tendência do setor automotivo.

Para se orientarem espacialmente, esses veículos utilizam diversos componentes em conjunto, como sensores, câmeras e radares. Isso permite que o sistema identifique situações que nem mesmo um condutor humano perceberia, demonstrando que os carros autônomos podem ser tão inovadores quanto seguros.

3. Veículos movidos a combustíveis alternativos

Hoje em dia os propulsores elétricos despontam como um dos futuros da indústria automotiva. Tanto que essa é vista como a principal mudança de direção da indústria no sentido de reduzir e reverter os problemas causados pelo uso contínuo de combustíveis nocivos ao meio ambiente. Especialmente, claro, os de origem fóssil.

Gestão de oficina e tecnologiaPowered by Rock Convert

Além de, nesses modelos, a emissão de poluentes poder chegar a zero, vale destacar que a geração de energia elétrica é um processo mais limpo. Isso tudo acaba aumentando a sustentabilidade em toda a cadeia de produção. Entre outras vantagens, destaca-se, também, a direção desses veículos, que é mais eficiente, silenciosa e confortável.

4. Abordagem voltada para o cliente

As principais tendências do mercado automotivo são aquelas que buscam aliar as possibilidades geradas pela tecnologia à forma como nos relacionamos com os veículos. Inclusive, as empresas do setor têm percebido que esse aspecto deve ser considerado já nos primeiros contatos com seus potenciais consumidores.

Nesse sentido, os esforços visam a tornar os processos mais amigáveis aos clientes. Isso porque, os consumidores tendem a buscar com mais frequência as soluções digitais para resolver qualquer questão. Uma das estratégias mais adotadas pelas empresas diz respeito ao atendimento por múltiplos canais e ao marketing direcionado. Dessa forma, o foco é a personalização da experiência do cliente.

5. Aumento do varejo digital

Essa é mais uma tendência alinhada ao movimento de colocar o foco da atuação das empresas sobre a satisfação dos clientes. Se, hoje, podemos utilizar os meios digitais para comprar de tudo, por que não aproveitar esse canal também para a negociação de veículos?

A grande verdade é que boa parte dos consumidores já recorre a essa alternativa em seus processos de tomada de decisão. As plataformas digitais podem ajudar desde o momento da pesquisa de preços até a efetivação do negócio, sendo importantes, também, para avaliar os fornecedores.

De olho nesse cenário, as montadoras e concessionárias caminham para diversificar seus meios de atuação, mirando uma geração de consumidores antenada às práticas por meio da rede. Assim, uma boa estratégia de marketing digital pode ser o caminho certo para quem quer diversificar as fontes de receita e se preparar para a nova realidade do varejo.

6. Gerações mais curtas de consumidores

Por falar em geração de consumidores, esse conceito está no centro de outra tendência muito forte no mercado automotivo. Estamos falando do fato de que o agrupamento de indivíduos por geração tem sido mais baseado nas tecnologias que os influenciaram do que por fatores puramente cronológicos.

Tendo em vista que o avanço tecnológico se dá de forma cada vez mais rápida, é natural que essas gerações se tornem mais curtas. Com isso, elas podem ser segmentadas em períodos de 2 ou 3 anos, em geral. 

Quem atua no setor automotivo precisa ter em mente que cada uma dessas novas gerações apresenta necessidades e expectativas diferentes. Estas, por consequência, devem servir para nortear as ações de aproximação a esses consumidores.

Todas essas tendências do mercado automotivo já podem ser percebidas por quem atua diretamente no setor ou faz questão de se manter atualizado. Uma excelente dica para isso é ficar sempre ligado ao nosso blog. Nele, nós explicamos tudo o que você precisa saber para estar por dentro de todas as novidades do setor.

Ficou interessado? Então, assine a nossa newsletter e receba os próximos conteúdos que publicarmos diretamente em sua caixa de e-mail!

Estoque para oficina mecânicaPowered by Rock Convert