O seu carro não dá partida? Entenda aqui os principais motivos

A manutenção preventiva é um dos principais procedimentos ao qual um motorista deve atentar ao obter um automóvel. Ela tem a função de garantir que o veículo esteja sempre em boas condições de uso por meio da revisão periódica dos componentes mecânicos. Quando o proprietário não se atenta a essa estratégia, problemas nas peças e nos sistemas acontecem em maior frequência, causando desconforto e dores de cabeça para os condutores. Um exemplo é quando o carro não dá partida.

Quem não passou por essa situação, não é mesmo? Seja ao ir para o trabalho, realizar um passeio ou qualquer outra atividade, precisar utilizar o veículo e ele não funcionar é frustrante, podendo gerar atrasos e outros problemas. Saiba que essa avaria tem várias origens, e conhecê-las certamente vai ajudar a passar por essa situação com mais tranquilidade.

Caso você ainda não conheça muito esses motivos, preparamos este artigo contendo as principais informações sobre o carro que não dá partida. Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

Por que o carro não dá partida?

O não acionamento da partida do motor pode estar relacionado a diversos fatores. Isso porque essa ação é condicionada por meio de vários componentes mecânicos e elétricos. Dessa forma, qualquer avaria em uma das peças que compõem o sistema de partida pode ocasionar essa falha.

Basicamente, o primeiro componente que podemos citar é a bateria — responsável por armazenar e fornecer a energia elétrica necessária para o funcionamento do motor.

Outro componente importante é o alternador, que cumpre a função de gerar energia para carregar a bateria e mantê-la na voltagem ideal.

Diretamente relacionado à partida, temos o motor de arranque. Com a energia proveniente da bateria, este componente realiza o “start” para o motor funcionar. Além desses itens, há várias outras peças que influenciam na partida de forma direta ou indireta.

O que observar quando o carro não dá partida?

Sendo assim, para que você consiga ter uma melhor compreensão do problema, é necessário ter uma noção das características de mau funcionamento de cada item.

Confira agora um pouco mais sobre os principais pontos que podem comprometer a partida do veículo e o que fazer em cada situação.

Bateria sem carga

A bateria descarregada é uma das principais causas do problema. Geralmente, se o veículo não ligou e nem mesmo apresentou qualquer sinal de eletricidade disponível, o defeito pode estar na falta de carga da bateria. De forma prática, o condutor pode observar essa questão se, ao virar a chave, o painel fica com a luz fraca, que se apaga ao acionar o motor de partida.

Além disso, caso os faróis não acendam, ou as palhetas do para-brisa estiverem se movimentando de maneira enfraquecida, fique atento. É sinal de que não está havendo energia elétrica suficiente para manter o funcionamento do carro.

Outro fator que demonstra a condição de vida útil é a própria bateria. Vários desses produtos já vêm com um visor que demonstra se a bateria está em bom estado, ou se já é hora de efetuar a troca.

Caso a sua não tenha esse recurso, você pode levá-la para recarregar em uma oficina mecânica. Se for constatada inexistência de problemas elétricos e a bateria perder carga em poucos dias, muito provavelmente você terá que trocá-la. Aqui, lembre-se sempre de optar por uma bateria de qualidade para evitar prejuízos no futuro.

Alternador

Como já mencionado, o alternador tem grande relevância quanto ao sistema de partida. Ele funciona como um gerador de energia elétrica que permite manter constante a carga da bateria. Dessa forma, qualquer defeito nesse componente pode acarretar a descarga da bateria, comprometendo a partida do motor.

No painel do veículo, há uma luz que sinaliza em formato de bateria a condição de funcionamento do alternador (se está gerando ou não). Sendo assim, ao verificar que o carro não dá partida, inspecione essa sinalização no painel. Na prática, ela deve permanecer apagada quando o motor estiver funcionando.

Motor de partida

Caso você tenha verificado a condição do alternador e da bateria e tudo esteja dentro do normal, outro possível problema é o motor de arranque. Como solução, você pode avaliar se o positivo da bateria está chegando ao arranque. Além disso, é importante checar a condição de aterramento do veículo. Confira se o cabo negativo da bateria está devidamente encaixado no polo negativo da bateria.

Por ele ser o ponto “central” de carga negativa de todo o aterramento do automóvel, deve estar bem apertado e fazendo contato direto com a estrutura do veículo. Se todos esses itens estiverem de acordo com a normalidade, o problema provavelmente será no motor de partida. Nesse caso, será necessário levar em uma autoelétrica automotiva para realizar a manutenção da peça.

Bomba de combustível

Por fim, não podemos deixar de citar a bomba de combustível. Essa peça possibilita levar o combustível do tanque até o circuito de injeção, passando pelo filtro de combustível. Nos modelos de injeção eletrônica, a bomba cumpre a função de manter pressão ideal para que os bicos injetores trabalhem de forma eficiente.

Tendo em vista que qualquer problema na ignição e na alimentação de combustível pode fazer com que o carro não funcione, o não acionamento da bomba pode ser apontado como uma das causas do problema de partida.

Normalmente, este componente sofre dano devido ao tempo de uso. No entanto, deixar o veículo parado por um bom tempo pode causar o travamento dessa peça, o que necessitará de substituição. Por isso, nunca deixe o carro parado por longos meses.

Essas foram as principais informações sobre os fatores que podem fazer seu carro não dar partida. Como você pode ter percebido, há vários itens mecânicos que influenciam diretamente no funcionamento da partida. Dessa forma, para manter o carro em boas condições de uso, você deve ter boas práticas de cuidado, utilizando peças de qualidade para as revisões e manutenções do automóvel.

Gostou do artigo? Conseguiu identificar motivos pelos quais um carro não dá partida? Então, confira também nosso post sobre carro na garagem, saiba os quais que precisa ter nesse contexto e fique por dentro de mais informações relevantes para a manutenção do seu veículo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.