Conheça 4 tipos de carros para quem tem filhos pequenos

A família está crescendo e você sente que o veículo que tem na garagem pode não dar conta de carregar tudo o que é necessário? Vale a pena pesquisar e escolher entre os melhores carros para quem tem filhos, em especial se eles forem pequenos.

Algumas características que você deve levar em consideração são importantes para garantir o conforto de todos, como espaço no porta-malas e entre os bancos. Outras são essenciais para que a família tenha segurança no trânsito — como a posição dos airbags. Você nunca tinha pensado nisso? Tudo bem, a maior parte das pessoas acaba não se lembrando de dar atenção a esses detalhes.

Por isso, neste post, vamos falar sobre essas questões e apresentar os tipos de carros recomendados para quem tem filhos pequenos. Vamos lá?

O que considerar na hora de comprar o carro?

Quando a família aumenta, nossas prioridades na hora de comprar um veículo acabam mudando. Por isso, além de escolher um modelo que agrade esteticamente, é preciso avaliar como ele deverá ser usado e o que precisaremos para acomodar bem as crianças. Veja alguns pontos que você não pode deixar de checar antes de fechar o negócio.

Avalie o espaço

Essa dica vale, principalmente, para quem tem um bebê ou para aqueles com mais de um filho pequeno. Muitas vezes, até um passeio para lugares próximos pode demandar que a família carregue muitas coisas no porta-malas.

Vale lembrar que será necessário ocupar parte do banco traseiro com a cadeirinha ou o bebê conforto (ou mais de um, dependendo do caso). Assim, é preciso que tudo caiba confortavelmente para que todos estejam em segurança durante os trajetos.

Lembre-se de que vocês terão que levar alimentos, carrinho de passeio, roupas extras e outros itens. Se for uma viagem, pode ser que você precise acomodar, ainda, banheira e berço, certo? A distância entre os eixos do carro faz toda a diferença na escolha — para famílias grandes, ela deve ser maior.

Não se esqueça da cadeirinha

Esse item deve estar instalado no carro desde o momento em que seu filho sai da maternidade. Lembre-se que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê multa de R$ 293,47, mais sete pontos na carteira de habilitação. Uma infração gravíssima para quem leva crianças de forma irregular no veículo.

Mais do que isso, a questão aqui é de segurança. Pesquisa feita nos Estados Unidos mostra que os riscos de bebês morrerem em um acidente de trânsito cai em 71% com a cadeirinha. Lembre-se de escolher um modelo que seja adequado ao tamanho e ao peso dos pequenos. Também que seja de um fabricante confiável, se o cinto não se abre com facilidade e, claro, se ele cabe no seu carro.

Opte pelo conforto do ar-condicionado

Muitas vezes, para conseguir comprar um carro mais barato, acabamos abrindo mão desse item. Mas pense na situação de uma viagem com crianças no veículo, no calor e com chuva: o ar vai ficar irrespirável dentro do carro, não acha?

Além disso, os pequenos podem se agitar mais, comprometendo a sua paciência e a segurança de todos no trânsito.

Procure oferecer entretenimento

Aqui, a dica também vale, principalmente, para quem viaja ou quem vive em cidades com muitos congestionamentos. Se você puder escolher, entre os carros para quem tem filhos, um com aparelho de DVD, por exemplo, de certo terá mais tranquilidade na condução.

Mesmo que não encontre esse item no veículo, pode comprar depois. Existem alguns que oferecem benefícios, até mesmo para os motoristas, como câmera de ré, GPS etc.

Verifique o funcionamento das travas

Enquanto são bebezinhos, pode ser que você não se preocupe muito com esse item, mas, à medida que os filhos crescem, é importante que o sistema de travas nas portas funcione de forma adequada. Essa questão é tão relevante que a legislação tornou o item obrigatório nas portas traseiras.

Elas são discretas, justamente para que as crianças não tenham acesso a elas, e impedem que as portas sejam abertas por dentro do carro. Quando for comprar o veículo, veja se estão funcionando bem e se estão bem escondidas do olhar atento dos pequenos.

Se puder, opte por um modelo que também ofereça trava na abertura das janelas traseiras. Afinal, colocar as mãos ou a cabeça para fora, além de proibido, pode ser muito perigoso, ainda mais nos lugares onde os motociclistas fazem o famoso corredor entre os carros.

Escolha o carro com banco de couro

Aqui, não estamos pensando em luxo, mas sim, na durabilidade do banco do seu veículo. Crianças costumam fazer alguma bagunça e um pouco de sujeira, em especial durante as viagens, quando acabam comendo dentro do veículo.

Assim, o banco de couro serve para facilitar a limpeza sem prejudicar o material. Se não der para escolher um modelo com banco de couro, verifique se o revestimento é fácil de ser higienizado, ou se há possibilidade de fazer a sua impermeabilização.

Veja o posicionamento dos airbags

Ninguém gosta de pensar em acidentes de trânsito, principalmente quando há crianças no carro. Mas a prevenção é a melhor forma de garantir a segurança, certo? Por tanto, os carros para quem tem filhos pequenos devem ter airbags laterais, pois protegem, no caso de batida, a cabeça, as costelas, os braços e o tronco.

Quais os modelos para quem tem filhos?

Com todas essas informações em mente, é hora de escolher o modelo de carro para quem tem filhos. O ideal para você é aquele que ofereça o melhor custo-benefício, ou seja, que garanta o conforto da família, ao mesmo tempo em que caiba no seu bolso, certo? Dê uma olhada nas informações que trouxemos sobre os modelos mais indicados.

1. Minivan

Esse é um modelo bastante comum para quem tem famílias grandes — e que vemos o tempo todo nos filmes produzidos nos Estados Unidos, não é mesmo? As minivans têm o mesmo formato das vans, feitas para uso particular.

Nelas, você consegue acomodar confortavelmente de quatro a nove pessoas. Elas costumam ser mais baratas que os utilitários ou SUVs, são mais altas do que os demais tipos de carros e têm ótimo aproveitamento do espaço interno. Se a sua família for grande, vale a pena escolher esse carro.

2. SUV

Espaço é o que não falta nesses utilitários, que conquistaram os brasileiros por ser estilosos e grandes. Além de bem confortáveis, costumam ter o porta-malas com, em média, 400 litros de capacidade. Ou seja, são ideais, principalmente, para quem gosta de viajar.

3. Hatch

Você precisa economizar na hora de comprar um carro para quem tem filhos? Não se desespere, não são apenas os modelos grandiosos que proporcionarão o conforto de que a família precisa. Os carros hatch são boas opções se você tiver um ou dois pequenos para levar no banco traseiro.

O bagageiro desses modelos costuma comportar cerca de 320 litros, e o espaço no banco de trás pode ser suficiente para que todos fiquem confortáveis, mesmo com cadeirinhas. A vantagem é que você terá um veículo fácil de estacionar e que consome menos combustível.

4. Sedan

Além de estilosos, os sedans são perfeitos para quem tem famílias grandes, com três filhos, por exemplo. Conforto e espaço não serão problemas, além de oferecer porta-malas que comportam tudo o que você precisar carregar. O custo-benefício pode ser ainda melhor se você optar por um seminovo.

Que cuidados você deve ter com a manutenção?

Garantir que todas as revisões previstas no manual do proprietário sejam feitas é uma dica que vale para todos — e mais ainda no carro para quem tem filhos pequenos. É preciso cuidar para que as peças e os componentes do motor funcionem adequadamente e que tenham qualidade e boa procedência, de marcas reconhecidas pelo mercado.

Não se esqueça, também, de manter os princípios da direção defensiva para que toda a família tenha segurança no trânsito. A escolha entre os carros para quem tem filhos deve considerar, principalmente o conforto e a proteção de todos. Pense nas dicas que você viu aqui quando estiver fechando negócio, combinado?

Gostou das nossas sugestões? Cadastre-se e receba a nossa newsletter para ficar por dentro de todas as novidades do nosso blog!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.