Lean manufacturing: descubra o que é e como aplicar na oficina mecânica!

Qualquer empresa que deseja se manter no topo do seu segmento de atuação foca em duas coisas importantes: eficiência e competitividade. Por esse motivo, o mercado busca adotar inúmeras metodologias que aumentem a produtividade das empresas. Entre as diversas estratégias utilizadas, destaca-se o Lean Manufacturing, conhecido também como Produção Enxuta ou Manufatura Enxuta.

Essa é uma metodologia de gestão desenvolvida no Japão pelo Sistema Toyota de Produção, inteiramente focada na eficiência dos processos. Como o próprio nome diz, a manufatura enxuta busca atuar da forma mais concisa e sucinta possível. A ideia é eliminar aqueles aspectos que não agregam valor ao produto e/ou serviço comercializado sob o ponto de vista do cliente. Confira agora o conceito de Lean Manufacturing e como ele pode ser aplicado em uma oficina mecânica!

O que é Lean Manufaturing?

O Lean Manufacturing é uma filosofia de gestão que corresponde ao aumento da produção por meio da menor quantidade de recursos possível. Nessa metodologia, a elaboração é autorizada de acordo com a demanda. Por isso, o conceito se caracteriza por eliminar desperdícios e adotar estoques mínimos.

O modelo usa ferramentas de gestão como Mapeamento do Fluxo de Valor, Kanban, Kaizen, 5S, entre outras. O propósito é eliminar desperdício dos processos produtivos, seja em relação aos insumos, seja no tempo de produção. Em geral, aplicam-se práticas que conservam os estoques no mínimo, já que, com a produção sob demanda, não há excesso em armazenamento.

Podemos dizer que o Lean Manufacturing é hoje a estratégia mais lógica para o desenvolvimento de um negócio. Seja qual for o segmento de atuação, prioriza o aperfeiçoamento contínuo, a redução de custos, agilidade na produção, maior capacidade produtiva e melhoria do ambiente de trabalho.

Para que ele serve?

O Sistema Toyota de Produção foi desenvolvido para atender às diversas demandas de produtos. Isso, sem a necessidade de estoques robustos para manter os rendimentos em alta. Assim, foi possível focar em técnicas e procedimentos que permitiram identificar e eliminar muitos desperdícios da cadeia produtiva.

A metodologia Lean Manufaturing se tornou uma iniciativa capaz de eliminar o que não dá lucro para as empresa. Excluindo, também tudo o que não gera valor para o cliente. Então, dizemos que ela serve para que uma empresa se desenvolva de forma eficiente.

Esse método faz com que os recursos sejam usados sem qualquer tipo de desperdício. Aqui, entram todos os fatores que não agregam valor ao produto e/ou serviço comercializado conforme a visão do cliente. Desse modo, a manufatura enxuta garante mais eficiência aos processos, assim como aperfeiçoa o fluxo de informação e a logística.

Como o Lean Manufacturing pode ser aplicado na oficina mecânica?

Um dos objetivos mais buscados em uma oficina mecânica é, sem dúvida, o aumento da produtividade. E, para que ele seja alcançado, é preciso não só otimizar os processos e o fluxo de trabalho, como também aplicar as melhores técnicas na gestão.

Gestão de oficina e tecnologia

É aí que entra o Lean Manufaturing! A aplicação desse método envolve disciplina e o cumprimento de alguns procedimentos. Para isso, é necessário se aprofundar nos problemas, estudando todas as etapas do fluxo de trabalho, identificando falhas e criando formas de correção.

Antes de tudo, é fundamental que seja realizada uma análise do funcionamento dos processos da sua oficina. Veja quais são as atividades que geram resultados positivos e o que pode estar causando desperdícios. Depois disso, é só colocar em prática as etapas a seguir!

Crie um novo ciclo

Depois de avaliar o processo estrategicamente, é hora de colocar em prática algumas melhorias. Esta é a etapa em que você executa o novo planejamento de trabalho, com toda a equipe acompanhando o desenvolvimento. A proposta é fornecer suas contribuições e verificar se realmente houve efetividade no plano. Se ainda encontrar falhas, é possível atuar de forma imediata para corrigi-las e, até mesmo, realizar novos testes.

Determine por onde começar

Com os processos estabelecidos, é preciso determinar por onde começar. Afinal, uma empresa que não define um padrão inicial pode ter dois desperdícios: superprodução e excesso de estoque. Cada oficina, por exemplo, apresenta um fluxo de trabalho que depende de um impulso, como a demanda de um cliente. Portanto, você precisa conhecer qual é o agente da sua empresa para garantir que o processo seja controlado e não gere tais desperdícios.

Utilize a melhoria contínua

Por fim, a última etapa do Lean Manufacturing é o monitoramento. Aqui, você vai aprimorar constantemente o desempenho, analisar e reformular os processos de maneira sistemática e repetitiva. Nesse caso, são bem-vindas pessoas capacitadas para observar se todas as fases estão sendo realizadas devidamente. Isso ajuda até na identificação de erros de um jeito mais rápido.

Quais são os resultados com a aplicação do método na oficina?

Agora que você já sabe como funciona o método Lean Manufacturing, fica mais fácil entender de que maneira ele pode ser útil em uma oficina mecânica. E, embora a aplicação no setor ainda seja pouco explorada, é possível garantir diversos benefícios aos serviços mecânicos.

Como o setor de manutenção envolve a prestação de serviços a clientes internos e externos, o Lean Manufacturing possibilita a melhoria de todo esse processo. Isso acontece por meio de metodologias específicas, que sistematizam e difundem técnicas mais efetivas. Em oficinas, podem ser reduzidas:

  • demoras nas entregas de insumos;
  • necessidades de retrabalho;
  • estoques com peças desnecessárias;
  • equipamentos de trabalho quebrados que não acompanham o volume de serviço;
  • falta de programação de serviços que causam ociosidade nos funcionários;
  • processos burocráticos que dependem de autorização e atrapalham o andamento do serviço.

Lean Manufacturing na prática

O Lean Manufacturing permite melhores ritmos de trabalho com o nivelamento dos serviços. Isso reduz significativamente o tempo empregado pelos colaboradores em tarefas que não agregam valor. Afinal, ocorre diminuição de retrabalhos, redução do tempo gasto com a procura de ferramentas e menos esperas, por exemplo.

Como você pôde ver, a metodologia Lean Manufacturing pode ser aplicada em uma oficina mecânica para melhoria contínua dos processos. Ela proporciona aumento da produtividade, eliminação dos desperdícios, confiabilidade e qualidade dos serviços.

Gostou do nosso artigo sobre o assunto? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter e ficar por dentro de mais conteúdos como este!

Estoque para oficina mecânica

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.