Você sabe o que é direção corretiva? Entenda

O que é direção corretiva e preventiva pode ser aprendida em cursos específicos para reduzir os danos oriundos de tragédias ocorridas nas estradas. O aprendizado ajuda a reduzir o número de sinistros e também pode salvar vidas, além de garantir a conservação dos veículos e eliminar custos originados por impactos. Existem várias formas de fugir dos perigos e apresentar comportamentos responsáveis.

Os motoristas precisam saber o que devem fazer diante de acidentes que exigem a sinalização das vias. Neste artigo vamos explicar o que é direção corretiva e abordar sobre as emergências, os primeiros socorros e a direção corretiva ou pós-acidente. Aqui, vamos mostrar um conjunto de atitudes que o motorista deve tomar após uma ocorrência de trânsito.

Precisa esclarecer todas as dúvidas sobre este tema? Continue a leitura e fique por dentro!

O que é direção corretiva?

A direção corretiva engloba as condutas realizadas pelo motorista depois de um acidente ocorrido na via de trânsito. Dirigir em estradas pode causar emergências que exigem a tomada de decisões pelo condutor, bem como a realização de várias atitudes para socorrer as vítimas, como a aplicação de primeiros socorros e medidas de sinalização com cones.

Portanto, a direção corretiva serve para evitar que novos sinistros ocorram envolvendo novas vítimas em decorrência de um acidente e também para salvar as vidas das pessoas que porventura estejam feridas. É dever de todos os motoristas prestar socorro imediato após uma colisão entre automóveis, e isso inclui a chamada ao Corpo de Bombeiros se houver lesões graves.

Quais são as atitudes do motorista após a ocorrência?

Após a ocorrência, o motorista deve tomar um conjunto de atitudes para tentar corrigir o ocorrido e minimizar as consequências do acidente. Essas ações visam reparar os eventos imprevisíveis, pois todos os condutores correm riscos no trânsito. Por essa razão, eles precisam saber como agir quando algo inesperado acontece. O primeiro passo é manter a calma para ajudar.

Situações de emergência

Em situações de emergência, seja solidário e auxilie as vítimas. Verifique se há alguém que tenha conhecimentos médicos e que saiba lidar com esse tipo de ocorrência. Se não houver um profissional capacitado por perto, respire fundo e reflita sobre o que é preciso fazer primeiro, identificando os riscos para escolher as suas próximas ações.

Caso outras pessoas estejam no local, procure organizar as ações para diminuir as consequências do acidente. Demonstre firmeza e solicite auxílio aos outros que estiverem próximos e em condições de ajudar, sem discutir com ninguém. Aqueles que estiverem muito nervosos devem receber tarefas simples e que sejam realizadas mais afastadas da ocorrência.

Sinalizar a via depois do acidente

Depois que há uma batida entre veículos na estrada, é preciso fazer a sinalização da estrada com rapidez e segurança para evitar novas ocorrências, tais como colisões ou atropelamentos. O condutor deverá sinalizar nos dois lados da via, em sentido de ida e de volta, a partir de um ponto em que não seja possível visualizar o acidente.

Dessa forma, os outros motoristas conseguirão reduzir a velocidade a tempo para desviar dos automóveis que por acaso estejam obstruindo o trânsito. Mas há regras, nas vias com velocidade de 40 km/h, o condutor deverá contar 40 passos para sinalizar. A quantidade de passos tem que acompanhar a velocidade máxima permitida, por exemplo:

  • 60 km/h = 60 passos;
  • 80 km/h = 80 passos;
  • 100 km/h = 100 passos.

O condutor precisa fazer o melhor que puder e chamar as equipes de socorristas que completarão a sinalização e farão desvios caso seja necessário. Além disso, se houver sinal de fogo, precisa procurar um extintor de incêndio que geralmente está na parte interna do veículo, tirar o lacre e impedir que as chamas se propaguem.

Acionar os órgãos competentes

Por outro lado, o motorista não pode deixar de entrar em contato com os órgãos competentes para solicitar auxílio. A ligação para o Corpo de Bombeiros é gratuita pelo número 193. A chamada pode ser realizada por meio do celular em todo o território nacional, enquanto a Polícia Militar deverá ser acionada pelo telefone 190 e o SAMU pelo 192.

De acordo com o Artigo 176 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), deixar de prestar socorro em acidente de trânsito e de prestar as informações necessárias às autoridades é uma infração gravíssima. A penalidade para essa conduta é a suspensão do direito de dirigir, o recolhimento da Carteira Nacional de Habilitação e multa.

O Artigo 302 do CTB deixa claro que se houver morte decorrente de direção de veículo automotor, a pena pelo homicídio culposo, que varia entre 2 a 4 anos de detenção, será aumentada em 1/3 até a metade. Essa é a penalidade que pode sofrer o condutor que omitir o socorro às vítimas e se evadir do local.

Realizar os primeiros socorros

Enquanto os profissionais não chegam ao local, deve prestar os primeiros socorros, que consistem em verificar se as pessoas estão desacordadas, conferir o pulso e a respiração. A massagem cardíaca ou os torniquetes poderão impedir que as pessoas venham a falecer. Não ofereça água ou alimentos às vítimas antes da chegada da equipe médica.

Quando houver lesões expostas ou possibilidade de fratura na coluna vertebral, não é aconselhável movimentar as pessoas de um lugar para outro. Há técnicas utilizadas pelos bombeiros para fazer a remoção sem agravar as condições de saúde das vítimas, que podem perder completamente os movimentos se um procedimento errado for feito.

Qual a importância da direção corretiva?

É muito importante manter a segurança e não agir por impulso ou instinto durante situações de emergência. Como você pode ver, a direção corretiva é indispensável para evitar o agravamento das lesões causadas por acidentes no trânsito. Ela tem o objetivo de preservar a integridade física de outros motoristas, minimizar traumas e salvar vidas.

Por que fazer uma avaliação mecânica?

A avaliação mecânica deve ser efetuada periodicamente para conservar o automóvel em condições de segurança. Muitos acidentes acontecem porque os motoristas não fazem a revisão pós-férias dos veículos no que diz respeito aos itens de segurança, como rodas, pneus, suspensão, freios, direção etc. Em decorrência disso, os condutores e passageiros correm riscos desnecessários.

E então, você sabe o que é direção corretiva? Entenda que a manutenção preventiva tem grande relevância. Mantenha o seu automóvel em excelente estado de conservação e evite situações desagradáveis, construindo um relacionamento de confiança com mecânicos que oferecem garantia de serviço. Forneça aos profissionais as informações da mecânica do carro e peça para fazer os reparos necessários.

Você acredita que é importante mostrar para as outras pessoas este conteúdo? Então compartilhe-o nas suas redes sociais!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa