Gestão de Oficina Para o Mecânico

Saiba como calcular custo de um funcionário da sua mecânica!

calcular custo de um funcionário

O trabalho dos funcionários é o que mantém sua oficina mecânica funcionando, mas, como gestor, você ainda tem a obrigação de pensar em como a presença deles afeta as finanças do negócio. E para manter as despesas equilibradas, você vai precisa saber como calcular o custo de um funcionário em sua oficina.

Apesar de parecer algo bem simples, essa pode ser uma tarefa um pouco mais difícil na prática. Há muitos fatores que precisam ser levados em conta para chegar a um cálculo preciso, o que pode ser bem confuso para alguns gestores menos experientes. Mas ainda é uma tarefa muito importante para a gestão financeira da oficina.

Quer entender melhor como calcular o custo de um funcionário corretamente? Então, acompanhe!

Por que é importante fazer esse cálculo?

Antes de começar, vale a pena que você entenda por que esse valor é tão importante para o seu trabalho. Veja aqui os dois principais motivos.

Avaliar a produtividade da equipe

Um dos principais objetivos desse cálculo é entender como está o desempenho da sua equipe em relação ao que ela exige. O custo combinado dos colaboradores é uma porção importante das suas despesas mensais, então deve ser sempre um foco para sua atenção. Comparando o custo total com a rentabilidade da empresa, você terá uma boa noção de sua capacidade.

Definir o valor individual de cada funcionário

Claro, você também pode usar esse cálculo para determinar quanto um indivíduo contribui para a empresa em relação ao quanto ele custa. Mesmo em pequenos negócios familiares, é importante que todos os membros da equipe contribuam para que a oficina tenha um saldo positivo todo mês.

O que observar para calcular o custo de um funcionário?

O cálculo em si não é difícil, mas ele envolve tantos fatores que muitos gestores tendem a pegar o valor errado no final. Para evitar que você cometa este erro, separamos aqui 6 pontos que você deve ter em mente na hora de fazer as contas.

Valor do salário e benefícios

O primeiro item a entrar na sua lista de custos, e também o mais óbvio, é a soma do salário do colaborador em questão e quaisquer benefícios que ele receba, como vale-alimentação, transporte, cesta básica etc. Esses serão os custos mais previsíveis de cada funcionário no negócio.

Se você utiliza algum sistema de renda variável aqui, o cálculo fica um pouco mais difícil. Mas, para uma estimativa geral, o melhor é usar a média destes valores ao longo do tempo. Dessa forma, suas previsões são mais corretas.

Tributos e obrigações trabalhistas

Além daquilo que a sua equipe efetivamente recebe por trabalhar, a empresa ainda precisa dar conta de uma série de despesas legais para que o funcionário fique reconhecido perante a lei. Há encargos trabalhistas, impostos e outras despesas associadas à contratação de trabalhadores e ao setor de atuação específico do seu negócio.

Alguns exemplos disso são o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e o pagamento do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Todos estes custos são proporcionais ao salário do funcionário, ou seja, os mecânicos com maiores salários e produtividade também apresentam o maior custo para a empresa nesse ponto.

Custos operacionais

Uma boa parte do custo de um funcionário, na verdade, não está em seu serviço em si, mas sim nas coisas que ele precisa para prestar este serviço. Para cada mecânico, pode ser necessário ter um kit de ferramentas separado, além de uniforme e materiais que serão usados para atender aos pedidos dos clientes.

Você pode separar os custos operacionais aqui, caso eles não variem muito independente do total de colaboradores. Mas, em muitos casos, vale a pena entender quanto um funcionário exige do seu negócio para poder cumprir suas obrigações no dia a dia. Especialmente se você precisar cortar algumas dessas despesas algum dia.

Horas extras e bonificações

Em muitas oficinas, é normal que os mecânicos tenham alguma forma de aumentar a própria remuneração, como trabalhar algumas horas a mais por dia ou receber comissões por alguns serviços. Isso significa que, dependendo do empenho e das condições de cada mês, um mesmo funcionário pode representar um custo maior que o previsto para a empresa.

Normalmente, isso não é um problema, pois cada hora de trabalho a mais também significa maior produtividade. Mas, como qualquer coisa que afeta seu planejamento financeiro, isso precisa ser levado em conta para não sair do controle. A última coisa que você quer é um custo inesperado em um mês em que o orçamento já está apertado.

Investimentos da empresa no funcionário

Para que um funcionário cresça e se torne um excelente mecânico, ele precisa de investimento por parte da empresa. Cursos, treinamentos, materiais didáticos, entre outras coisas, são formas de melhorar o desempenho da equipe no médio e longo prazo. Porém, no presente, você deve levar em conta estes custos para a empresa.

Não apenas no que diz respeito ao treinamento em si, mas também àquilo que seus funcionários deixam de produzir enquanto estão se capacitando, que seria seu custo de oportunidade. Afinal, eles não podem completar um curso de especialização e fazer trocas de peças para seus clientes ao mesmo tempo.

Custos menores variáveis

Por fim, vale a pena adicionar uma margem de erro para os custos menores que podem incidir na avaliação da empresa. Custos simples, como energia elétrica, substituição de equipamentos menores, desperdício de materiais baratos, faltas, entre outros, podem se acumular e começam a pesar no seu orçamento.

Por definição, esses custos são bem difíceis de acompanhar, mas você ainda pode fazer uma estimativa e adicioná-la ao valor de cada funcionário. Tenha em mente que isso será uma margem de segurança, para evitar que as despesas fiquem acima do esperado a qualquer momento.

Saber calcular os custos de um funcionário é essencial para manter sob controle a lucratividade do seu negócio, entre outros aspectos, a fim de ter dados para tomar as melhores decisões.

Agora que você entende melhor como calcular o custo de um funcionário dentro da sua oficina mecânica, é hora de usar essa informação para melhorar sua gestão financeira. Se quiser tirar mais alguma dúvida sobre o tema, deixe um comentário com sua pergunta e logo responderemos!

Estoque para oficina mecânicaPowered by Rock Convert