7 cuidados com o carro em épocas de chuva forte

Durante o verão e a primaveira, sem dúvidas, temos meses com grandes volumes de chuva. Devido aos riscos que as chuvas trazem aos motoristas e os cuidados com o carro necessários, a recomendação é que não saiam para a rua. Principalmente quando há um temporal à vista. No entanto, sabemos que nem sempre é possível seguir a orientação à risca.

Sendo assim, para os motoristas que precisam sair, vai um alerta: fiquem atentos aos cuidados com o carro durante os períodos chuvosos. Isso porque as chances de ocorrer acidentes de trânsito ou causar danos ao veículo são muito maiores quando se dirige debaixo de chuva.

Por esse motivo, preparamos este artigo para apresentar 7 dicas de cuidados que você deve ter durante os meses mais chuvosos. Acompanhe a leitura e saiba mais!

Cuidados com o carro

1. Não estacione embaixo de árvores

Durante os períodos de chuvas fortes, sempre há notícias de árvores que caíram sobre os carros. Além de colocar os ocupantes do veículo em risco, esse descuido resulta em um prejuízo bastante alto para o proprietário do automóvel.

Por isso, sempre que precisar estacionar, evite utilizar vagas que estejam muito próximas (ou embaixo) de árvores, para não correr o risco de ter o carro atingido por uma delas.

Outra dica que ajuda bastante na prevenção de acidentes ou danos é conhecer o local de destino antes de sair. Esse cuidado evita que você estacione em lugares em que há risco de ocorrer enchentes, por exemplo.

2. Mantenha os pneus em bom estado

Manter os pneus sempre em bom estado é um cuidados com o carro que o condutor deve ter durante toda a vida útil do veículo. No entanto, essa responsabilidade precisa ser redobrada durante os meses de chuva.

Afinal de contas, com o asfalto molhado, o atrito entre os pneus e o chão é reduzido significativamente, provocando a aquaplanagem ― fenômeno responsável por fazer o veículo flutuar ao passar por uma poça de água.

Quando o fenômeno acontece, dificilmente o condutor consegue manter o controle do automóvel. Logo, é de se esperar que as chances de ocorrer acidentes de trânsito sejam altas nesse contexto.

Para evitar que isso aconteça, é fundamental manter os pneus sempre calibrados, realizar rodízios a cada 5.000 km e, principalmente, observar se o pneu está “careca”. Caso esteja, a substituição por novos deve ser feita imediatamente, ok?

3. Faça uma revisão completa do veículo

A revisão completa do veículo não pode ser negligenciada durante os meses de chuva. Devido ao contato frequente da água com algumas partes móveis do motor e rodas, a lubrificação é afetada. Logo, contribui para o surgimento de outros problemas maiores.

Por esse motivo, o cronograma de revisão veicular deve ser cumprido à risca durante esse período para garantir que todos os sistemas do carro continuem operando em perfeitas condições. Ao fazer isso, você aumenta a sua segurança e de outras pessoas, reduz os gastos e ainda preserva o veículo.

4. Verifique o sistema de frenagem

Assim como os pneus, o sistema de frenagem também merece atenção redobrada nesses períodos. Por isso, fique sempre atento aos sinais que indicam quando algo não está funcionando bem. Podemos citar:

  • presença de ruídos metálicos vindo das rodas;
  • barulhos estranhos quando o freio é acionado;
  • trepidação no volante;
  • pedal de freio duro ou macio demais.

Ao perceber algum desses sinais, você deve levar o seu veículo imediatamente para uma oficina mecânica a fim de realizar a manutenção do sistema. Afinal de contas, os freios são um dos principais componentes do veículo que garante a proteção na estrada.

Vale ressaltar também que a certeza de que eles estão funcionando bem não impede que você reduza a velocidade do carro quando estiver chovendo.

5. Mantenha o sistema de ventilação funcionando

Para evitar que os vidros fiquem embaçados e sua visão seja prejudicada, é preciso manter o sistema de ventilação em bom estado de funcionamento. Para isso, é recomendado que o sistema de ar seja ligado por, no mínimo, 10 minutos a cada semana, visando garantir a conservação das válvulas.

Além disso, você precisa higienizar o aparelho e fazer a troca do filtro sempre que notar necessidade. Lembrando que, antes de ligar o carro, é importante verificar se o ar está desligado.

Outra orientação importante consiste em não deixar o aparelho ligado por muito tempo, pois a liberação do gás carbônico em grandes quantidades no ambiente interno pode provocar a sonolência nos ocupantes do veículo, incluindo o motorista.

6. Saiba como proceder em caso de alagamento

Ao se deparar com uma enchente, a ação mais segura é parar o veículo e esperar o escoamento da água ou dar meia volta e seguir para outro caminho. Mas, caso você precise passar por uma via alagada, tenha em mente as seguintes orientações:

  • passe por uma enchente apenas quando o nível da água não ultrapassar a metade da roda;
  • dê preferência por trafegar na parte central da via, pois costuma ser mais elevada e, por isso, manter um nível de água mais baixo;
  • durante o percurso, mantenha a primeira marcha e a aceleração constante.

Caso perceba que o nível da água esteja subindo muito rápido, procure, se possível, um lugar alto, desligue o veículo e vá embora. Jamais tente ultrapassar a via alagada rápido demais, pois a água pode invadir o motor e provocar o temido calço hidráulico.

Além disso, se o veículo apagar durante o trajeto, não tente ligá-lo novamente, uma vez que essa ação induz a entrada de mais água no sistema do carro. Em casos de dúvidas, ou de não conhecimento da estrada, não tente atravessar a enchente, pois pode conter armadilhas como buracos e outros obstáculos cobertos pela água.

7. Evite sair nos horários com maior previsão de chuvas

Todos os anos, os jornais anunciam os riscos de dirigir durante os períodos de chuvas. Geralmente, a notícia vem acompanhada de um acidente que poderia ter sido evitado caso o condutor não tivesse se arriscado. Diante disso, está mais do que claro que os cuidados com a direção em dias chuvosos devem ser levados muito a sério pelos motoristas: os riscos são muito reais. 

Entre os vários cuidados que o condutor pode tomar, o mais eficiente e seguro é não sair quando há previsão de chuva forte. Mas, caso você precise sair ou já esteja na rua quando o temporal ameaça cair, é ideal procurar um local seguro para estacionar o carro e esperar a chuva passar.

Esses são os principais cuidados com o carro que você precisa ter durante os meses chuvosos. Lembrando que, durante o ano, é possível ocorrer de cair chuvas fortes fora de época. Logo, é preciso estar atento a essas dicas para aplicá-las sempre que for necessário. Afinal de contas, essa responsabilidade não só protege o seu veículo, como garante a sua segurança e a de outras pessoas.

Achou a informação deste artigo relevante? Então, compartilhe-o nas suas redes sociais e contribua com a educação no trânsito.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.