Gestão de Oficina Para o Mecânico

Como garantir ergonomia e segurança na oficina mecânica?

A importância da segurança na oficina

Durante o trabalho, os mecânicos convivem com diversos riscos para sua saúde. Muitos acidentes podem acontecer devido ao mau uso de ferramentas, à desorganização dos espaços e até à circulação de veículos por locais errados. Assim, é sempre importante ficar de olho para garantir a segurança na oficina.

O proprietário do negócio deve estar atento, principalmente, ao bem-estar dos funcionários. Afinal, o time está cotidianamente se expondo aos perigos para oferecer os serviços aos clientes. Portanto, é papel do dono se certificar de que tudo está acontecendo de maneira a prevenir problemas.

Você quer saber mais sobre o assunto? Veja as nossas dicas e torne a sua oficina um local mais seguro e agradável para todos!

Tenha um espaço adequado

Tudo começa com a organização dos ambientes. É comum que as oficinas mecânicas sejam lugares escuros, sujos e desorganizados. Mas essa não é a forma mais adequada de seguir com esse empreendimento. Para oferecer uma experiência diferenciada, tanto para os clientes quanto para os colaboradores, é preciso mudar essa ideia.

Ter um local de trabalho limpo, bem organizado e com iluminação adequada é indispensável. Dependendo do tamanho do espaço, se torna importante sinalizar as áreas de circulação de veículos, assim como as de estacionamento e serviços. Esses detalhes promovem mais segurança e evitam confusões e acidentes.

Além disso, a estrutura do prédio onde a oficina está localizada precisa ser acompanhada. Você sabe, por exemplo, como está a conservação das instalações elétricas do imóvel? Checar essa informação é essencial para garantir o funcionamento dos equipamentos e prevenir choques, curtos-circuitos e até mesmo incêndios.

É muito perigoso andar por ambientes que tenham ferramentas pelo chão ou poças causadas por vazamentos de produtos. Por isso, a higienização e a organização do espaço devem ser praticadas por todos. Tenha uma equipe eficiente para fazer a limpeza e chame a atenção dos outros funcionários para que eles mantenham tudo organizado.

Organize as ferramentas

Uma das principais razões para acidentes na oficina — desde os simples até os mais graves — está ligada ao mau uso ou má conservação dos equipamentos. A rotina dos mecânicos inclui mexer com diversas ferramentas e aparelhos, e eles têm tamanhos, pesos e características diferentes.

Negligenciar a organização disso tudo é um grande erro. A mistura entre materiais espalhados pelo chão e a circulação de carros e pessoas não oferece segurança na oficina. E o perigo não é apenas que alguém tropece ou que um carro passe por cima de alguma peça. Certos materiais podem oferecer muito perigo para o corpo dos funcionários.

As ferramentas utilizadas para solda, por exemplo, precisam ser armazenadas com bastante cuidado. Materiais cortantes também merecem muita atenção. O ideal é que o espaço seja organizado de forma que cada tipo de equipamento tenha um local adequado para ser colocado ao final do serviço. Os mecânicos precisam ser estimulados a manter essa organização.

Outra orientação necessária quando se fala em ferramentas é extinguir a prática perigosa de improvisar equipamentos. Seja construindo algo a partir de peças velhas ou utilizando um aparelho para algo que não é sua função direta, o fato é que essas atitudes não são seguras. Você precisa garantir que a oficina tenha os materiais adequados para cada demanda.

Estimule práticas de prevenção

A legislação sobre segurança do trabalho responsabiliza o proprietário do negócio pela promoção de práticas seguras na oficina. Mas, para que isso faça parte da rotina, é fundamental capacitar os trabalhadores. Assim, você vai atuar como um multiplicador das boas práticas, orientando-os a fazer o que é correto.

Prevenir acidentes significa conhecer os riscos ambientais e eliminá-los ou, quando isso não for possível, minimizá-los. O perigo de queda de materiais, por exemplo, pode ser extinto com a construção de espaços seguros. Já o risco do contato com elementos químicos será reduzido pela utilização de equipamentos de segurança.

Uma prática preventiva essencial é identificar todos os produtos químicos utilizados na oficina. Solventes e outras substâncias inflamáveis também precisam ser armazenadas de forma segura, longe de qualquer perigo de incêndio. Outro cuidado importante é em relação a higienização das mãos: os mecânicos precisam ter à sua disposição produtos que limpem e protejam sua pele.

Forneça os EPIs necessários

Muitos funcionários resistem, mas para a segurança na oficina é necessário o uso de Equipamentos de Proteção Individual (os EPIs). Eles existem quando não é possível eliminar riscos. Assim, o trabalhador precisa ser protegido individualmente do contato direto com o elemento perigoso.

Logo, a função desses materiais é importantíssima. São eles que certificam o colaborador de que sua integridade será mantida. Um dos principais EPIs utilizados em oficinas são os óculos de proteção. Eles devem ser usados constantemente, pois o mecânico está sempre vulnerável ao contato com fagulhas, impurezas e materiais cortantes.

Outro equipamento de proteção muito relevante é o protetor auricular. Ele diminui a passagem dos ruídos pelo ouvido, promovendo bem-estar para o trabalhador. O barulho alto é a realidade em muitos serviços realizados em uma oficina. Em médio e longo prazo, essa exposição pode trazer graves problemas à saúde.

Além desses, o uso de luvas e botas de segurança também protegem o corpo do mecânico. Roupas de proteção são necessárias, ainda, para quem realiza serviços de soldagem. E, claro, o protetor facial e até mesmo o respirador (para aqueles que fazem a pintura dos veículos) são úteis para proteger o rosto.

Conheça princípios de ergonomia

Quando falamos de proteção e promoção de saúde no ambiente de trabalho, estamos nos referindo à ergonomia. Ela é o estudo que busca a melhor interação entre as pessoas, os espaços e os objetos. A ideia é sempre garantir o máximo de conforto possível.

Além das dicas que já demos aqui, outro elemento muito importante da ergonomia é a postura adequada para trabalhar. Como a equipe de mecânicos opera com máquinas pesadas, é essencial ter equipamentos ergonômicos, como bancadas e cavaletes. Assim, o funcionário pode ficar sentado, sem sobrecarregar sua coluna.

Trabalhar por um longo tempo em posição desconfortável ou pegar muito peso sozinho pode causar lesões e mal-estar. Por isso, você deve considerar a importância da ergonomia em todos os processos na oficina. A proteção do trabalhador é requisito para a qualidade dos serviços e a produtividade da empresa.

O empregador precisa se certificar de estar cumprindo todos os seus deveres em relação à segurança na oficina e à saúde da equipe. Além de garantir os cuidados necessários, não se esqueça de conscientizar os funcionários e mobilizá-los para adequação das práticas. Dessa forma, todos têm a ganhar.

O que achou deste post? Ele ajudou você? Curta nossa página no Facebook e acompanhe ótimos conteúdos para o seu trabalho!

Estoque para oficina mecânicaPowered by Rock Convert